Diferenças Individuais em Personalidade, Coping e Saúde Geral: Um Estudo Comparativo em Duas Cidades Mineiras

Este projeto faz parte do grupo:

una_pesquisa_vermelho

Projeto aprovado no Edital de Iniciação Científica e Tecnológica 2011/2012. Este projeto faz parte da tese de doutorado que a pesquisadora principal realiza no curso de Psicologia da UFMG e tem como objetivo investigar se o tipo de personalidade de uma pessoa está relacionado com a capacidade de enfrentar estresse e com o nível de qualidade de vida. O estudo acontece em duas cidades mineiras, uma de grande porte e uma de pequeno porte, a fim de identificar se o tipo de contexto também influencia a adpatação às adversidades.

1. Título do projeto

Diferenças individuais em personalidade, coping e saúde geral: um estudo comparativo em duas cidades mineiras.

2. Início e conclusão

Setembro de 2011 a julho de 2012.
Doutorado UFMG: agosto de 2008 a agosto de 2012.

3. Equipe

– Professores: Alana Augusta Concesso de Andrade.
– Alunos bolsistas: Gabriella da Silva Oliveira Torre.
– Alunos voluntários: Gabriel Magalhães, Luana Dias, Rinara Raquel, Elisama Leal, Juliana Marjorie e Eunice Grieco.

4. Resumo

A personalidade humana pode ser definida como a forma mais frequente com que as pessoas se comportam, pensam e se sentem na maior parte das situações e ao longo da vida. Essa forma consistente de ser no mundo pode estar relacionada com as diferentes maneiras por meio das quais as pessoas enfrentam o estresse em suas vidas e com o nível geral de saúde de cada pessoa. O modo de enfrentar o estresse (coping), por sua vez, parece depender não somente da personalidade, mas também dos tipos de eventos de estresse e também do contexto. Assim sendo, esta pesquisa pretende identificar as relações contidas entre os traços de personalidade e os modos de enfrentar o estresse, o nível de saúde geral das pessoas e os tipos de eventos estressores aos quais elas estão submetidas. A fim de averiguar se o tipo de ambiente influencia as variáveis de pesquisa, o estudo acontecerá em duas cidades mineiras. A investigação se faz relevante na medida em que orienta os profissionais de psicologia a realizar prevenção, avaliação e intervenção de processos psicológicos relacionados ao estresse e à saúde geral. Para tanto, estão sendo aplicados questionários e testes psicológicos que mensuram os aspectos mencionados (personalidade, coping, eventos de estresse e saúde geral). Em relação aos participantes, estudam-se 800 indivíduos (400 em cada cidade) jovens e adultos (entre 18 e 40 anos), de ambos os sexos e com Ensino Médio completo. Os participantes respondem aos questionários em ambiente adequado, dentro da própria instituição de ensino selecionada por conveniência para a pesquisa. Compromete-se a oferecer devolutiva de resultados para os participantes interessados e para as intituições envolvidas na coleta.

5. Coordenadoras do projeto

Alana Augusta Concesso de Andrade.
Orientadora (UFMG): Carmen Flores-Mendoza.

6. Parcerias

Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa – FUNDEP
Setor de Iniciação Científica do Centro Universitário Una.

7. Links

>> http://www.fafich.ufmg.br/ladi/

Campus:

Palavras-chave:

Personalidade, coping, estresse, saúde